Viver

Na cama, meio morto, contente. As páginas em branco, em fúria queriam que escrevesse Cansado, questionei sem ter nunca pretendido. As horas passaram, ninguém mudou os pensamentos foram por outro rumo. As páginas, em branco os olhos fixos no telhado e a água a gotejar. Pensei em plantar árvores como fizera antes sem medo, unidos … Continue reading Viver

Anúncios

spuria

E ele conseguia perceber coisas de acordo com o humor das pessoas que ouvia, a anatomia das expressões de sua face, até mesmo pelo tom de suas vozes... Muitos contrastes, muitos sentidos. De todos estes, aqueles que lhe causavam mais desconforto eram de percepção ainda mais subjetiva. Lhe desagradava a incoerência. A falta de congruência entre … Continue reading spuria